20 de abr de 2016

Eve Langlais - Cyborgs: More Than Machines

Cyborgs: More Than Machines 01

Supõe-se que as máquinas não devem ter sentimentos, mas este Cyborg não pode evitar em se apaixonar por uma humana.
Designada a coletar amostras de um Cyborg capturado, Chloe se sente intrigada com a máquina tão semelhante ao homem. Sequestrada por ele durante sua fuga audaz, ele mostra que apesar dos chips em seu cérebro, sua humanidade não se perdera por completo. Anteriormente conhecido como unidade X109GI, Joe está imerso em uma busca para descobrir suas origens. Embora ele não encontre as respostas que está procurando, descobre que o amor e a luxúria não são apenas para os seres humanos.
Mas quando se trata da batalha entre a lógica e o amor, qual lado poderá escolher esse organismo cibernético... Que uma vez fora humano? Entretanto, a avaliação de seus sentimentos terá que esperar, pois os militares querem os segredos escondidos na mente de Joe. Mas suas ameaças contra ele empalidecem diante da surpreendente descoberta do projeto C-791, a revelação que atordoa os Cyborgs rebelados... E acende a fúria da vingança.

Resenhas Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/resenhas/379219/edicao:428710

Cyborgs: More Than Machines 02

Ela pensava em si mesma como um robô defeituoso e único entre sua espécie, até que ele a ensinou a viver de novo.
F-814 existia para servir os humanos até que decidiram dar um fim a ela. O instinto de sobrevivência a fez lutar, mas quando conseguiu a liberdade descobriu que não pode se desfazer de certos hábitos. Tudo muda quando surge outro androide coberto de carne, um cyborg como ele se autodenomina, que a ensina a ser mais que uma máquina.
Solus odeia à humanidade, apesar de ter nascido como um ser humano imperfeito, se esforça em erradicar todo e qualquer traço dos humanos de sua personalidade... Até conhecer F-814. Relacionando-se com ela, tocando em seu interior e libertando algo estranho dentro dele. Agora ele se surpreende desejando coisas que não consegue entender. Desejando... Desejando amor.
Entretanto, antes de aprender a amar, ele deve abordar em primeiro lugar a tarefa de lembrar a F-814 que ela é mais do que a soma de suas partes mecânicas. Mas, é claro que quando se trata de algo ilógico, como as emoções, não há um plano seguro para alcançar o êxito.
Sonhei uma vez que era humana. E vivi um pesadelo como robô. Mas o amor me ensinou que era mais que uma máquina.
Go metal!
Cyborgs: More Than Machines 03

Quando a inteligência Cyborg reúne dois robôs sensuais, as placas de seus circuitos chispam. Einstein era provavelmente o único Cyborg existente sem nenhum interesse no sexo oposto, até que descobriu B-785. Com sua natureza sensual e peculiar senso de humor, ela tira este ser cibernético da carapaça científica e o ensina a única coisa que nunca teve interesse de compreender... A paixão.
Cansada de ser prisioneira das forças armadas, Bonnie foi dormir um dia com a intenção de não voltar a acordar, mas não contava com um príncipe cibernético tão encantador trazendo-a de volta à vida. Fazer as pazes com o passado não é fácil, porém mais difícil ainda é a constatação que mesmo uma princesa biônica pode se apaixonar perdidamente.
Entretanto, todos sabem que nos contos de fadas sempre têm um malvado, e apesar de serem considerados defeituosos pelos militares, logo descobrirão que precisarão lutar para alcançar o,
"felizes para sempre".

Cyborgs: More Than Machines 04

 A eliminação de toda a humanidade sempre foi seu objetivo número um... Ao menos até que ele a conheceu.
Aramus nunca teve paciência ou simpatia com as desculpas que os humanos arrumavam como justificativa para caçar e exterminar os cyborgs. Ele passou por muitas coisas para perdoar e esquecer. Mas tudo isso muda quando ele salva uma frágil médica humana que se recusa a vê-lo como uma máquina. Ela o faz entender que nem todas as emoções são uma prova de fraqueza e que o amor pode tornar qualquer ser mais forte, mesmo um cyborg cínico como ele.
E para aqueles que riam da sua nova maneira de ver as coisas ou que ameaçassem à sua mulher? Bem. Ele estava mais que disposto a usar os punhos para um pouco de exercício.


0 comentários :

Postar um comentário

Gostou? Sim ou Não? Qual a sua opinião? Eu quero saber, por favor, posta o comentário, o blog se movimenta através da sua participação. Comente!



Pedidos de envio de ebook por email serão ignorados.


Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Tecnologia do Blogger.

© Romances em Ebook , AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena