Se eu te contar logo de início, que eu o perdi, será mais fácil para você suportar. Você sabe o que estará por vir e irá doer. Mas você vai ser capaz de se preparar.
Alguém o encontrou em um cesto de roupa suja na Quick Wash, enrolado em uma toalha, com apenas algumas horas de idade e perto da morte. Eles o chamavam de bebê Moses quando compartilharam a sua história no noticiário das dez horas - o pequeno bebê deixado em um cesto, numa lavanderia suja, nascido de uma viciada em crack e destinado a ter todos os tipos de problemas. Imaginei este bebê do crack, Moisés, tendo uma rachadura gigante que corria pelo seu corpo, como se ele tivesse sido quebrado no momento de seu nascimento. Eu sabia que não era o que o termo significava, mas a imagem ficou na minha mente. Talvez o fato dele ser quebrado me atraiu desde o início.
Tudo aconteceu antes de eu nascer, e quando eu conheci Moses a minha mãe já havia me contado tudo sobre ele, a história já era notícia velha e ninguém queria nenhuma ligação com ele. As pessoas adoram bebês, até mesmo bebês doentes. Mesmo bebês do crack. Mas bebês crescem e viram crianças, e as crianças crescem e viram adolescentes. Ninguém quer um adolescente confuso.
E Moisés estava confuso. Moses era uma lei para si mesmo. Mas ele também era estranho, exótico e bonito. Estar com ele mudaria a minha vida de maneiras que eu nunca poderia ter imaginado. Talvez eu devesse ter ficado longe. Talvez eu devesse ter escutado. Minha mãe me avisou. Até mesmo o Moses me avisou. Mas eu não queria ficar longe. E assim começa uma história de sofrimento e promessa, de dor no coração e de cura, de vida e de morte. Uma história de antes e depois, de novos começos e sem fim. Mas acima de tudo ... uma história de amor.

Resenhas Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/resenhas/423968/edicao:480111


Deixe um comentário

Gostou? Sim ou Não? Qual a sua opinião? Eu quero saber, por favor, posta o comentário, o blog se movimenta através da sua participação. Comente!



Pedidos de envio de ebook por email serão ignorados.


Beijos