Quem me acompanha sabe como eu sou OBCECADA por essa autora, e principalmente por essa série IAD. Sério eu tô num nível de ficar dialogando com os personagens e pensar no que eles estão fazendo nesse momento hahhaha. O que tem não tem de bom nesse livro: achei pequeno, devia ter umas 800 páginas, mas aí é porque amo a KC, ela cultiva mistérios, não enrolação. Parte direto pra história.

Tô me perdendo, vou falar do livro: Chegamos ao 16º livro da saga! Essa autora tem a característica de melhorar a cada livro que escreve!! Não foi ficando cansativo e nem queremos que termine logo! Ficou tipo: manda mais que eu gosto!! Pra quem acompanha a série e ficou frustrado quando ela anunciou que esse livro teriam personagens novos - queríamos o livro da Furie&Kristoff, o livro do Munro, todos eles com o destino em aberto (e preocupantes) em livros passados. Daí a frustração sobre personagens inteiramente novos. Quebrei minha cara! Esse livro amplia a trama e já me vejo, assim como minha amiga Sheila, com 80 anos ainda lendo sobre essa saga hahhaha. O livro começa com Jo (Josephine) ainda criança perambulando pelas ruas com seu irmão ainda bebê (Thadd, um adolescente metade fantasma metade vampiro, super poderoso e raro, prisioneiro da Ordem, querido das valquírias e amigo do Lothaire) nas costas, passando por todo tipo de perigo. Logo de cara gostei da Jo, esperta, esquentada e boca suja. Ela sente que algo vai errado com ela mas não sabe o que é. Jô queima a casa de um traficante e acaba levando bala na cabeça, e acorda no necrotério “mudada”.

"—Você não devia ter atirado em mim.
— J-juro que não faço mais — disse ele, gaguejando.
— Resposta errada, cuzão. Te vejo no inferno — ela o veria. Ninguém poderia gostar tanto quando ela gostara do que fizera e não ir para lá..."


Nessa parte entendemos como Thadd acabou separado da irmã. Jô acaba se separando do irmão e vai parar onde? New Orleans né? Antro de concentrações de loreans (imortais) e fica vagando pelos becos. A Senhora das Sombras, como fica conhecida, é uma espécie de vingadora e vigilante das prostitutas do pedaço. Totalmente ignorante sobre o mundo imortal Jo numa dessas andanças acaba conhecendo Rune – pausa pro suspiro rsrsr. Rune tem um passado obscuro e sofrido, ele descende de demônios runas que foram extintos e do rei fey (os elfos). Olha o cabra sofre nos primeiros séculos de vida, o que molda ele por milênios, isso mesmo: 7milanos!!!! O que o torna um primordial (primeiro, mais velho ou único da sua espécie).

"— Por que você confia na informação destas... ninfas? —Allixta exigiu de Rune.
— Porque eu pago bem na moeda favorita delas: sexo selvagem com um pau superduro. Neste quesito, eu sou podre de rico."


Ele é recrutado pelos Moriors, a quem Nïx está combatendo nessa Ascensão, ele é o portador dos segredos e o arqueiro desse grupo. Liderados por Orion, os Moriors são composto por 12, sendo que desses 12, somente 6 estão acordados e com vaga pra mais dois. Já tô aqui obcecada por eles! Temos Allixta, a primordial das bruxas, Darach dos Lykae, temos o príncipe do Reino Pandemonia, Sian o primordial dos demônios, lembram do livro do daciano ando morre um primordial? E no livro Dark Skye onde Nïx manda Lanthe e Thronos pra libertar esse reino?? teve recadinho da Nïx pra ele!!, Blace primordial dos vampiros – te segura Lothaire rsrsr e Rune nosso protagonista, Orion (aposto que ele é o companheiro da Nïx!!) que é todo poderoso e misterioso #xonei. Bem Jo encontra Rune “investigando” com 4 ninfas e tem um vislumbre do totoso, o cara é literalmente o Pica das Galáxias, as ninfas o adoram, ele é tipo um astro do rock pra elas! Pra espanto dele, Jo não cai na lábia dele e os dois protagonizam diálogos quentes e divertidos.

"— Talvez você seja a que vai enfim me satisfazer. — Isso não acontecia há milênios, ele não esperava que acontecesse agora, mas as garotas engoliam fácil aquele xaveco. Ele jogava esta isca porque as fêmeas do Lore gostavam de um desafio.
Aquela fêmea pressionou suas mãos quentes no peito dele, enterrando suas unhas pretas.
— Quer saber de uma verdade? — ela sustentou seu olhar. Os olhos dela eram hipnotizantes, as íris castanhas raiadas de um azul brilhante e âmbar.
Finalmente eles estavam chegando a algum lugar!
— Quero.
Em um sussurro arquejante, ela disse.
— Talvez eu não ligue merda nenhuma para a sua satisfação."


Jo encontra em Rune uma oportunidade de saber mais sobre o mundo imortal e ele um desafio e finalmente uma pessoa que suporta seu sangue venenoso. O problema é que ele pensa que ela é aliada de Nix e aí minha caras meninas, é que começa a parte quente do livro. Definitivamente esse é o livro com as cenas mais quentes da saga! Só com as preliminares rsrsr!

"— Seu sangue não é contaminado. Tem gosto de paraíso.
Ele perdeu o fôlego. Seus dedos ficaram dormentes. Os braços caíram.
— Mova-se em cima de mim, então. — ele ordenou. — Faça-me gozar!
Quando ela moveu os quadris, aquela urgência de enfiar-se dentro dela se tornou insuportável, seu corpo ardia por liberação.
A ponto de gozar, olhou para a fêmea. Cabelos bagunçados, olhos escuros de desejo, lábios pretos pelo seu sangue. Piercings no sexo, umbigo, mamilos. Seios cheios balançando.
Ele jamais se esqueceria da imagem dela assim. Nem que vivesse mais sete mil anos. Jamais vira algo tão deslumbrante.
Ela poderia me fazer desejar ter uma companheira."

Os dois embarcam numa missão para encontrar Nix e "resgatar" o irmão de Jô das Valquirias , depois dela ficar disparando juramentos pro Lore sem saber o que é, morri nessa parte, e em meio a procura pela valquíria  - #Nïxmanipuladora - os dois se conectam. Jó é meu tipo de mocinha “olhei, quero, embarco de cabeça,vou lá pegar, mas não fode comigo se não te chuto pro inferno” e Rune resiste até cansar numa ideia que acaba por rachar a relação dos dois. O livro é cheio de pequenas revelações e temos Nïx no nível superfodana, ela briga na gaiola e no fim mostra pra nós que nada abala seu poder! Ela “ri na cara do perigo”. Temos a visão da aliança dos Vertas e um primeiro embate entre eles e os Morior – o que foi isso!?? Nïx não dá ponto sem nó e manipula a todos! Livro maravilhoso e que cumpriu seu papel: deixar essa saga que só ficou melhor com gostinho de quero mais, muito mais!Esse livro torna o mundo dos Loreans muita mais amplo, dá a dimensão e brechas pra outros personagens. Kresley Cole mais uma vez surpreende, pois uma saga que chega ao 16º livro sem cair na mesmice, sem ficar chata, segurando o leitor com seus personagens divertidos, sexys e super fortes não é pra qualquer um que consegue.


Um trechinho de Nïx: 

"Eu já saio pra falar com você, Møriør!! Preciso tirar os bobbies do cabelo!
Pela porta, Rune podia ver pernas se projetando de um sofá. Uma mulher virou e se levantou.
— Nïx?
Seus cabelos pareciam um esfregão e os olhos estavam nebulosos. Ela disse as criaturas fora do campo de visão.
— Só vai levar um momento. Quero falar com eles em particular. Aproveitem os canapés inexistentes
porque Valquírias não se alimentam.
(...)
— Onde estão meus bons modos? Posso lhes oferecer algo para comer ou beber? Temos inúmeros
canapés inexistentes...
— Eu quero Josephine — disse Rune à Valquíria. — E sei que você a vê, mesmo agora.
— Você sabe sabe? Ah, outro psíquico! Por que eu deveria te dizer? Ela nem mesmo me agradeceu
antes de ir embora. Fanpira rude!
— Agradecer-lhe? Pela surra que você deu nela?
Os olhos da Valquíria brilharam em prata.
— Eu a ensinei.
— Não brinque comigo, Nïx.
— Hmm? Algo para comer ou beber?"


Agora é só esperar e sofrer pro próximo livro, que ainda não sei sobre quem será.
Ah! Só pra torturar: a autora revelou que o ultimo livro será sobre a Nïx, mas não disse quando.




Deixe um comentário

Gostou? Sim ou Não? Qual a sua opinião? Eu quero saber, por favor, posta o comentário, o blog se movimenta através da sua participação. Comente!



Pedidos de envio de ebook por email serão ignorados.


Beijos