Tasha

Sabia que Noah Abramovich era um problema desde a primeira vez que nossos olhos se encontraram. Eu tinha dezesseis anos naquele verão. Sentada à beira da piscina tomando um sorvete. Ainda me lembro de como ele derreteu sobre meus dedos e pingou sobre minhas coxas enquanto eu olhava para ele. Não era apenas a sua aparência de Deus grego, a sua atitude Alpha, a sua altura, ou seu corpo poderosamente musculoso, era a aura em torno dele que gritava, Não brinque comigo.

Aos dezesseis anos eu o queria com a paixão de uma mulher, mas o meu mundo era um universo de regras não escritas. Regras que valem mais do que a vida de um homem. Eu não precisava de ninguém para me dizer que ele era tudo o que eu não podia ter.

Ele nunca mais olhou para mim, mas eu o observava de longe. Eu poderia dizer que havia segredos profundos que mantinha seu sorriso escondido. Taciturno e misterioso, ele não parecia temer ninguém, nem mesmo o meu pai. Um homem que ele deveria temer. Um que eu temia muito. Com o passar dos anos e, mais tarde, nos tempos atuais isso se tornou tão irreal quanto um sonho.

Tenho vinte e dois anos agora e em seis meses vou estar casada com um homem que meu pai escolheu. Farei o meu dever e trarei respeitabilidade à dinastia do meu pai, mas antes que me entregue a esse homem, devo ter um gosto do proibido. Apenas uma noite com o homem das minhas fantasias mais obscuras, então não mentirei no meu leito de morte, e lamentarei por nunca ter estendido a mão e pegado a única coisa que mais queria na vida. Mas e se for tudo o que imaginei e muito mais. E se apenas um gosto não for o suficiente?


Noah

No mundo da máfia, o seu passado nunca está muito distante. Se você for descuidado, ele se infiltra em seu futuro e faz com que você seja morto. Apenas quando eu me enganei em acreditar que eu me afastei de tudo, de repente aparece no meu escritório.

Tasha Evanoff: Ela é como o pecado deve ser. Loira, bonita, voluptuosa, e com reticentes olhos de safira que vê diretamente minha alma manchada. Ela vem oferecendo uma mordida da maçã vermelha.

Se eu tivesse qualquer juízo eu fecharia a porta, e a enviaria de volta para seu pai, um psicopata do mais alto grau. Mas isso não é quem eu sou. Se a linda princesa teve coragem de entrar na cova do leão, tenho a maldita certeza de que não vai passar pelo desafio. Vou dar uma mordida em sua maçã. Por que não iria? Eu desejo isso há anos.

Vou espalhá-la e devastar o seu delicado corpo. Vou fazê-la gemer, deixá-la dolorida e arruiná-la para qualquer outro homem. Ela ingenuamente pensa que tudo voltará como era antes, mas eu sei o que ela não sabe. Você nunca pode ter apenas uma noite crua de paixão. O corpo sempre desejará mais. Ela voltará e eu vou agir tranquilamente. Mas quem estou enganando, nunca conseguirei deixá-la ir embora.

NOTA: Spin off independente do best-seller, You Don't Own me (The Russian Don series). Você não precisa ler You Don't Own me 1 e 2 para ler o Bad Boy Mafia. O romance é a história de Noah, um livro único que garantirá um final com felizes para sempre.



Deixe um comentário

Gostou? Sim ou Não? Qual a sua opinião? Eu quero saber, por favor, posta o comentário, o blog se movimenta através da sua participação. Comente!



Pedidos de envio de ebook por email serão ignorados.


Beijos