Eu amo dois homens. Transo com dois homens. Estou em um relacionamento com ambos, e ambos estão cientes da existência um do outro. Isso é tudo o que precisam saber, é tudo o que eu deixo saber. Eles não precisam saber um nome; não precisam saber nada, mas eles não estão sozinhos em meu coração.

Eles aceitaram a situação. Stewart, porque sua vida está muito ocupada para o tipo de obrigações que são necessárias em um relacionamento. Paul, porque ele me ama demais para me dizer não. E porque o meu apetite sexual é tal que um homem tem dificuldade em manter-me.

Então, nós existimos, duas relações paralelas, cada um executando seu próprio curso, sem necessidade de cruzamento ou conflito. Ele funciona para nós, para eles, e para mim. Eu não esperava que fosse uma situação em longo prazo. Eu sei que há uma data de expiração na perfeição fácil de nossas vidas.

Eu deveria ter prestado mais atenção, deveria ter olhado em volta e notado a mulher que assistia a tudo. Ela sentou no fundo e esperou, tentou me descobrir. Viu meus dois relacionamentos, o amor entre nós, e o momento em que tudo se desfez.
Ela me odeia.
Eu nem sequer sabia que ela existia.
Ela os ama. Eu os amo.
E eles me amam.

Todo o resto está pendurado no equilíbrio

Resenhas Skoob: https://www.skoob.com.br/livro/resenhas/362228/edicao:407436


Deixe um comentário

Gostou? Sim ou Não? Qual a sua opinião? Eu quero saber, por favor, posta o comentário, o blog se movimenta através da sua participação. Comente!



Pedidos de envio de ebook por email serão ignorados.


Beijos